Archive for the Desabafos Category

35ª Corrida dos Sinos – Reservada!

Posted in 2016 / 2017, Desabafos, Dicas, Uncategorized with tags , , on 19 de Janeiro de 2017 by José Pedro

cartaz_corrida_dos_sinos_2017_0

Já tenho a minha participação na Corrida dos Sinos reservada.

Participei no ano passado pela primeira vez e gostei imenso do percurso e da organização. Fui mal preparado para as dificuldades do percurso e sofri um pouco na subida final. Este ano espero ” vingar-me ” e para isso vou fazer uma preparação atempada e a pensar na prova.

Informações e Inscrições:

Corrida dos Sinos 2017

Anúncios

Maratona à moda do Porto.

Posted in Desabafos, Uncategorized with tags , , on 6 de Janeiro de 2017 by José Pedro

captura-de-ecra-151

Como se costuma dizer: ” Não há duas sem três “. Depois de fazer a Maratona de Lisboa em 2011, no antigo percurso e em 2013 no novo, resolvi inscrever-me na Maratona do Porto 2017.

Após a minha estreia na distância fiz um acordo comigo próprio que iria fazer uma maratona de dois em dois anos para não massacrar muito o corpo ( principalmente os meus joelhos ), para não provocar um grande desgaste e porque treinar para uma maratona consome muito do nosso tempo livre.

Como poucas coisas da vida são certas, depois de uma demorada lesão em 2014 tive que deixar essa ideia de lado. A recuperação foi longa, o retorno também não foi fácil e precisei de algum tempo para voltar a correr distâncias mais longas.

Depois  um longo processo de voltar a ter confiança nas minhas capacidades em distâncias mais longas, chegou a vez de consolidar a forma física até poder enfrentar a maratona.

A escolha recaiu no Porto por ouvir falar muito bem da organização, do percurso, do incentivo que se tem ao longo do percurso e por querer experimentar algo diferente.

Se tudo correr dentro do previsto, irei começar a treinar em Julho com um único pensamento: estar em  Novembro na Invicta para enfrentar pela terceira vez os míticos 42,195 metros.

Até lá é continuar a treinar com muito juízo!

O mundo é feito de mudanças… mas deixem as clássicas em paz!

Posted in 2016 / 2017, Desabafos, Uncategorized with tags , , on 24 de Outubro de 2016 by José Pedro

20kmcascais

Quando participei pela primeira vez em 2010 nos 20 Km de Cascais podia-se afirmar que esta prova comparando com outras era única. A distância não é muito usual em Portugal, tinha um percurso dos mais belos e desafiantes do calendário nacional, as medalhas tinham uma letra e ao fim de 7 participações consecutivas completávamos a palavra Cascais e as t´shirts tinham por ordem de chegada os nomes de todos o participantes da edição anterior.

Na edição de 2014 perdeu-se a tradição dos nomes nas t´shirts para meu desconsolo, a medalha com a letra nem sei quando deixou da haver, a mudança da data para o fim-de-semana do Carnaval também não é nada benéfica e o golpe de misericórdia foi a alteração da distância para ser mais uma meia-maratona.

Uma prova com mais de 30 anos de sucesso deveria ser respeitada pela sua longevidade, tradição e formula de sucesso.

Reconciliação após 5 anos de divorcio.

Posted in 2015 / 2016, Desabafos, Uncategorized with tags , , , on 18 de Março de 2016 by José Pedro

EDP-Meia-Maratona-de-Lisboa-2016_Lisbon-Half-Marathon-2016

Domingo vou estar de volta à ponte 25 de abril após 5 anos de ausência. Posso dizer que tenho uma relação de amor / ódio com Meia.Maratona de Lisboa.

Foi onde me iniciei nas corridas com várias participações na mini e quando os 7/8 quilómetros já não chegavam estreei-me na meia-maratona em 2007.

A minha ultima participação foi no ano 2011 e nestes últimos 5 anos tenho evitado esta prova devido ao seu elevado preço de inscrição e à logística enorme para chegar à linha de partida.

Numa prova considerada fácil para muitos,nunca consegui grandes tempos por diversas circunstancias e também não vai ser este ano que o vou obter.

A inscrição caiu-me nas mãos quando esta prova não estava no meu calendário, sem grande preparação para a distância e tendo outra corrida no meu horizonte vou-a encarar como um treino… talvez um pouco mais rápido!

Uma coisa é certa, se não tivesse um dorsal gratuito não seria este ano o meu regresso. Prefiro participar em corridas populares a preços de inscrição mais baixo do que as mediáticas a preços de ” turista “.

Quero agradecer à EDP e aos meus amigos a oportunidade de pisar o palco onde me estreei nestas andanças, já lá vão uns bons anos.

Regresso passado dois anos.

Posted in 2015 / 2016, Desabafos, Uncategorized on 3 de Dezembro de 2015 by José Pedro

3be6ef959e8962f140708866f170d961

O tempo não para e só hoje reparei que vou voltar a participar numa meia-maratona passado dois anos.

Esta ausência não foi por vontade própria. Uma lesão impediu-me de correr cerca de 6 meses. O retorno foi feito com muita calma e o aumento dos quilómetros durante os treinos foi feito de uma forma moderada e ponderada.

Decidi voltar aos 21 quilómetros numa corrida onde tenho várias participações, que conheço bem o percurso e onde tenho boas memórias. Vou tão às cegas em relação a tempos e a ritmos que é quase como se fosse a minha primeira meia-maratona.

A estratégia para domingo é sair lento, deixar o corpo mandar, chegar ao fim satisfeito e com o sentido de missão cumprida.

 

 

Fantástico: advinha onde é?

Posted in 2015 / 2016, Desabafos with tags , on 16 de Novembro de 2015 by José Pedro

Ontem foi mais um dia de treinos e não foi o facto de estar fora que me impediu de fazer o que tinha planeado.

Foram 16 quilómetros fantásticos, pela fresca da manhã e num dos melhores percursos onde já treinei.

Sabes onde fica este percurso pedestre?

Assim vale a pena…treinar!

Posted in 2015 / 2016, Desabafos with tags , , , on 15 de Outubro de 2015 by José Pedro

Na semana que vai decorrer a Maratona de Lisboa voltei a treinar no local onde fiz muitos dos meus treinos longos para a minha primeira maratona.

Fazia alguns quilómetros no Estádio Nacional como aquecimento, ia em direcção à marginal e seguia ao longo do rio Tejo até Carcavelos. Depois voltava ao Estádio Nacional para terminar o treino.

Mesmo fazendo este percurso durante semanas seguidas ao domingo, nunca me fartava dele. Todos os dias a paisagem variava e a dinâmica natural à volta do rio é algo que me fascina.

É um dos locais perto de Lisboa que vale a pena treinar principalmente quando temos que meter muitos quilómetros nas pernas.