São Silvestre da Amadora 2022

Posted in 2022/2023, As minhas corridas with tags , , on 18 de Janeiro de 2023 by José Pedro
Advertisement

20 Kms de Almeirim 2022 – 30-10-2022

Posted in 2022/2023, As minhas corridas with tags , , on 17 de Novembro de 2022 by José Pedro

Corrida 1º Maio 2022 – Dura como sempre

Posted in 2021/2022 with tags , , on 16 de Maio de 2022 by José Pedro

CORRIDA 50 ANOS ISCTE – 10 kms de diversão

Posted in Uncategorized with tags , , on 16 de Maio de 2022 by José Pedro

Meia-Maratona do Descobrimentos 2021 – 1ª Prova Pós-Covid

Posted in Uncategorized with tags , , on 16 de Maio de 2022 by José Pedro

Meia-Maratona de Cascais 2020 – nunca desilude.

Posted in 2019 / 2020, As minhas corridas with tags , , , , on 28 de Fevereiro de 2020 by José Pedro

MeiaMaratonaCascais_386-page-001Captura de Ecrã (2)

São Silvestre da Amador 2019 – melhor resultado de sempre.

Posted in 2019 / 2020, As minhas corridas with tags , , on 28 de Fevereiro de 2020 by José Pedro

SaoSilvestreAmadora_229-page-001

Maratona do Porto 2019 -faltou pouco para ser de gatas.

Posted in 2019 / 2020, As minhas corridas with tags , , , on 28 de Fevereiro de 2020 by José Pedro

diploma-page-001recuki_marporto_12745_20340_23134_g

43ª Meia Maratona de S. João das Lampas 2019 – em modo de treino.

Posted in 2019 / 2020 on 13 de Setembro de 2019 by José Pedro

thumbnail_Captura de Ecrã (1)

Pela 4ª vez participei na Meia Maratona das “Rampas”, sendo desta a primeira vez que iria servir de treino para a Maratona do Porto.

Após uma boa sessão de alongamentos, meti-me na cauda do pelotão. Os primeiros quilómetros serviram de aquecimento e o ritmo foi sempre muito lento. Tão lento que houve uma altura que era o penúltimo classificado, mas isso não me incomodou. Não tardou muito a aparecerem as primeiras subidas e descidas e a estratégia seria sempre a mesma: ritmo certinho nas subidas e descanso nas descidas.

 

5 KM: 28:12 min.

 

Os quilómetros iam passando com alguma facilidade até chegar a uma grande rampa. A estratégia manteve-se e depois de ultrapassar esta primeira grande dificuldade sentia-me confiante para o constante sobe e desce constante.

 

10 KM: 56:10 min.

 

Com mais ou menor dificuldade os quilómetros iam passando sem grandes sobressaltos, tendo sempre grande cuidado para não forçar o ritmo devido à adrenalina. Fosse nas subidas ou descidas controlava bastante o ritmo para ir o mais confortável possível.

 

15 KM: 1:23:54 h.

 

Logo após o abastecimento e ter ingerido uma barra de gelatina comecei a sentir algum desconforto abdominal. Tentei perceber o que se passava e tentei ir até ao fim sem parar, mas foi completamente impossível. Fui obrigado a fazer uma paragem “estratégica “ durante largos minutos. Assim que me senti melhor retomei a corrida e aos poucos voltei ao ritmo no qual me vinha sentido tão bem e ultrapassei as ultimas dificuldades calmamente.

Tempo Real: 2:00:32 h

Tempo oficial: 2:01:06 h

KALENJI KIPRUN LONG – Teste

Posted in Dicas, Uncategorized with tags , , on 26 de Julho de 2019 by José Pedro

 

 

big_1258793Sempre fugi de sapatilhas de “marca branca”, mas após uma conversa com um amigo atleta que me falou bem das sapatilhas da Declathon, resolvi arriscar, tendo em conta que as poderia testar e se não ficasse satisfeito, devolver até 30 dias.

 

Conforto

 

Desde os primeiros passos senti algum desconforto. O pé, para ficar bem preso, tem que ficar apertado e a passada não saía naturalmente. Para além disso, também me provocou uma bolha, algo que já não tinha há muito tempo.

 

Amortecimento

 

Sendo para mim uma das parte mais importantes nas sapatilhas de corrida, este aspecto foi um dos grandes calcanhares de aquiles neste modelo. O amortecimento no calcanhar é um pouco deficiente, e na planta do pé é praticamente inexistente, tornando a corrida bastante “pesada” para quem tem uma passada rápida.

 

Design

 

O design está um pouco ultrapassado e é pouco atractivo.

 

Relação Preço x Qualidade

 

Mesmo sendo o preço bastante atractivo não compensa os defeitos. Prefiro pagar um pouco mais e ter uma sapatilha com mais amortecimento e conforto.

 

Conclusão

 

Este modelo está muito longe de ser uma boa compra. O preço é um grande chamariz, mas a falta de conforto, o fraco amortecimento e o design pouco atractivo não jogam a seu favor. Resultado: após 15 dias de treinos em diversos pisos e intensidades, resolvi devolver à marca.