17ª Corrida do Oriente 2018 – Foi o possível.

doc-1

Pela segunda vez participei na Corrida do Oriente. Conheço bastante bem o percurso por ser um local onde realizo muitos treinos longos e seria a primeira vez que iria participar numa prova em circuito com duas voltas quase idênticas.

Meti-me mais na cauda do pelotão e as primeiras centenas de metros foram feitos em constante zig-zag a tentar arranjar espaço para meter o meu ritmo de forma confortável. Assim que apanhei espaço livre meti um ritmo confortável e vivo, mas foi de pouca duração. Ao passar num passadiço de madeira tive que abrandar devido ao estreitamento da via e para piorar um pouco as coisas veio logo de seguida piso irregular o que não ajudou nada a manter o ritmo. Naturalmente, quando o piso melhorou a passada tornava-se mais viva. Um pouco antes dos 5 km iniciei a segunda volta ao circuito.

5 km: 24:23 min.

Até chegar novamente à zona de piso irregular o ritmo foi sempre constante e os quilómetros foram passando sem grandes dificuldades, mas assim que o piso piorou tudo se alterou. O ritmo baixou, sentia-me desconfortável e tinha grande preocupação em colocar bem o pé. A 1,5 km da meta aproveitei a melhoria do piso para voltar a acelerar. Terminei a prova bastante bem fisicamente e muito se deveu às constantes alterações de piso que não me deixou ir todo o percurso na “red line”.

Tempo Real: 47:49 min.

Tempo Oficial: 48:07 min.

Se o percurso não for alterado penso que será a minha ultima participação nesta prova. As alterações constantes do tipo de piso e em mau estado em algumas partes do percurso exigem atenção redobrada para evitar lesões o que tira um pouco o prazer da corrida. Também faltou a marcação do quilómetros que para quem não tem relógio com gps pode ser um pouco desconfortável não saber que distância falta para terminar.

 

Anúncios

2 Respostas to “17ª Corrida do Oriente 2018 – Foi o possível.”

  1. Após 10 participações nessa corrida que era muito agradável, a 11a no ano passado deixou-me a certeza de não regressar enquanto se mantiver nesses moldes estreados em 2017, pelas razões que apontas. Correr é prazer, o que não se coaduna com o actual formato. É pena que uma prova com as dimensões que tinha se tenha estragado assim.
    Um abraço e boas corridas

    • José Pedro Says:

      Penso que a principal razão da mudança se deve ao facto de baixar consideravelmente os custos da organização. Vamos ver se no futuro alteram alguma coisa.
      Abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: