Treino para a Maratona do Porto 2017 – 13ª Semana

Mira

Semana 13 – Treino 49 (Terça, 3 de Outubro): 17,5 km – 1:39:36 h

Iniciei a semana com um treino com o objetivo de tentar fazer o máximo de quilómetros a ritmo da maratona. Depois do aquecimento e de alguns quilómetros de sobe e desce, forcei um pouco o ritmo até chegar onde pretendia. O treino foi decorrendo sem grande dificuldades e no ritmo pretendido.

Semana 13 – Treino 50 (Quarta, 4 de Outubro): 9 km – 58:12 min.

Como se pretende, num treino de recuperação a um ritmo lento, deixei-me ir em modo relaxante durante todo o treino.

Semana 13 – Treino 51 (Quinta, 5 de Outubro): 14 km – 1:20:00 h

Mais um treino em que o ritmo da maratona iria comandar o meu pensamento durante todo o tempo. O corpo estava solto e rapidamente cheguei ao ritmo pretendido. No final do treino para as pernas não ficarem mal habituadas a um só ritmo, dei cinco esticões de 100 metros para “acordar” as pernas.

Semana 13 – Treino 52 (Sexta, 6 de Outubro): 9 km – 58:25 min.

Já a pensar no grande treino de domingo fiz um treino lento e bastante controlado.

Semana 13 – Treino 53 (Domingo, 8 de Outubro): 32 km – 2:58:40 h

Encarei este treino como o treino antes da maratona. Preparei-me como se fosse o dia da prova em termos de equipamento, alimentação, hidratação e estratégia. Sendo o treino fora da minha zona habitual, sabia que os imprevistos podiam acontecer e tive sempre que transportar o necessário para manter a minha hidratação. Comecei o treino de uma forma lenta. Aos poucos o ritmo foi aumentando naturalmente e sempre sem sentir grande esforço. A primeira metade do treino foi feita em 1:31:26 horas sem grandes complicações. Mesmo tentando manter o ritmo senti que ia aos poucos e poucos aumentando, quase de uma forma imperceptível. Quando cheguei aos 24 quilómetros apanhei um pequeno susto. Depois de uma pequena paragem para me alimentar e hidratar as pernas ficaram um pouco presas. Não forcei e deixei-me ir de uma forma natural, conseguindo recuperar bem. Aos 28 quilómetros apanhei uma ligeira subida de dois quilómetros e para tentar controlar o esforço meti um ritmo certo, mas mesmo assim senti que o desgaste estava a ser maior do que pretendia. Por breves momentos fiquei um pouco preocupado até que percebi que o mesmo se devia a ter conseguido manter o ritmo mesmo em subida. Assim que terminou a subida senti o corpo a disparar por não ter a dificuldade anterior. Sabendo que faltavam poucos quilómetros para o fim do treino, deixei-me ir e terminei  o treino num ritmo bastante vivo. Fiz uma segunda metade do treino em 1:27:14 horas e tudo o que foi testado correu dentro do previsto. Agora é descansar treinando, alimentar-me, hidratar-me bem e esperar que o dia da maratona chegue!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: