Os melhores locais para correr em Lisboa e arredores

Tornou-se moda correr em Portugal. Em Lisboa e arredores, vê-se pessoas a correr em todo o lado – de manhã, ao final da tarde, à noite – milhares de pessoas aproveitam um desporto gratuito para estarem em forma.

A zona metropolitana de Lisboa tem vários locais onde se pode correr – desde parques e jardins a outros locais, que são desconhecidos para a maioria ou nem sempre são primeiras escolhas.

matamonsanto

1. Parque de Monsanto
Este é sem dúvida um dos locais de eleição de muitos atletas pela diversidade e potencialidade que os vários trilhos e caminhos do parque oferecem a quem por eles passa. O parque é enorme e, para além da corrida, tem outras atividades e desportos que pode praticar, conseguindo assim passar um dia perfeito repleto de adrenalina e ar puro. Explore as mais-valias do “pulmão” da cidade.
Distância do circuito: 12 km | Dificuldade: 3 (1-5) | Ponto forte: Descoberta e contato com a natureza | Piso: Terra batida, empedrado e alcatrão.

Onde: Alameda Keil do Amaral, Parque de Monsanto, 2715-311 Lisboa
Como chegar: Autocarro: 711, 714, 723, 24, 729
Observações: Parqueamento fácil e grátis. Há WC e bebedouros | Horário: Livre

2. Zona Ribeirinha de Belém

Este percurso é o ideal para uma corrida matinal ou ao final da tarde. O que o distingue de outros, são as mais-valias da marginal lisboeta, com uma paisagem única dada pelo rio e pelas muitas referências Arquitectónicas que se estabelecem neste troço, tais como o museu da eletricidade, o padrão dos descobrimentos e a Torre de Belém. É uma zona ideal para corridas intervaladas, com diversos pontos de descanso e com zonas de manutenção ao longo do percurso.
Distância do circuito: 5,5 km | Dificuldade: 2 (1-5) | Ponto forte: Panorâmica e ambiente refrescante | Piso: Calçada e alcatrão

Onde: Avenida Brasília, 1300 Lisboa
Como chegar: Autocarro: 27,28,29,43,49 e 51 | Elétrico: 14 e 15 | Comboio: Belém (Linha de Cascais)
Observações: Há parqueamento grátis | Horário: Livre

 3. Parque Eduardo VII

O Parque Eduardo VII é um dos espaço mais emblemática de Lisboa e únicos pela sua localização central no culminar da famosa Avenida da Liberdade. Este paraíso “escondido” é sem dúvida uma bela surpresa quando percorrido e descoberto. A sua disposição numa encosta dificulta o percurso, o que pode não ser acessível a todos. O percurso é ideal para corrida lenta e reserva uma panorâmica única da cidade no miradouro do topo do Parque.
Distância circuito: 2 km | Dificuldade: 4 (1-5)  |  Ponto forte: Centralidade, Desafio | Piso:Calçada portuguesa e cimento

Onde: Parque Eduardo VII, 2715-311 Lisboa
Como chegar: Metro: Parque e Marquês de Pombal (linha azul e amarela) | Autocarro: 12, 22, 48, 53, 83, 713, 718, 723, 727, 738, 742, 746  | Horário: Livre

4. Jardim Guerra Junqueiro (Estrela)

Este é o famoso Jardim da Estrela, tão conhecido pelo seu belo coreto, uma peça notável e única em ferro, e pelas suas diversas áreas verdes e lagos. Este é um jardim fechado e recomendado para caminhadas ou corrida lenta. Um bom exemplo de como é possível praticar desporto e apreciar a beleza natural dentro da cidade.
Distância circuito: 680 m | Dificuldade: 1 (1-5) | Ponto forte: Circuito flexível e bem frequentado |Piso: Alcatrão

Onde: Praça da Estrela, 1200-667 Lisboa
Horário: Aberto das 7h às 24h | Área: 4,6ha
Como chegar: Metro: Rato (linha amarela) | Autocarro: 709, 713, 720, 738, 773 | Elétrico: 25E, 28E |
Observações: Utilize a rede de transportes, Parqueamento muito difícil

 5. Centro Desportivo do Jamor

O centro desportivo do Jamor é onde se situa o estádio nacional e é sem dúvida dos complexos mais completos de Lisboa para a pratica do desporto ao ar livre com circuitos de ciclismo e Btt, piscinas, circuitos de canoagem e de manutenção para todos os gostos. O Jamor para além dos circuitos de corrida tem duas pistas de atletismo, e ainda uma pista de cross. Ideal para corrida lenta, rápida, Fartlek, Intervalados entre outros.
Distância circuito: 2,7 – 6,1 km  |  Dificuldade: 4 (1-5) |  Ponto forte: Intensidade, Diversidade de percursos | Piso: Alcatrão, terra batida e relva

Onde: Praça da Maratona, 1495 Cruz Quebrada
Como chegar: Autocarro: 76 | Comboio: Cruz Quebrada (linha Cascais)
Observações: Há parqueamento grátis | Horário: Das 8 às 22 horas (balneários)

 6. Quinta das Conchas (Lumiar)

Este é um excelente espaço para todo o tipo de desporto ao ar livre, com grandes relvados e bastante arborizado, atraindo bastantes entusiastas da corrida residentes nesta parte da cidade. Dispõe de muitos equipamentos e serviços que o complementam para além do desporto. Ideal para secções longas de corrida ou intervalada com diversas àreas de repouso e apoio.
Percurso total: +/- 2.75 km  | Dificuldade: 2 (1-5) | Pontos fortes: Grandas áreas e muito bem equipadas | Piso: Calçada portuguesa e asfalto

Onde: Alameda das Linhas de Torres, 1769 – 008 Lisboa
Como lá chegar: Autocarro: 7, 36, 106, 108, 701, 777 | Metro: Quinta das Conchas (linha amarela)
Observações: Há parqueamento fácil e grátis | Horário: Das 6h00 à 1h00 | Área: 24ha

 7. Parque das Nações

A zona do parque das Nações é excelente para a prática da corrida e ao seu próprio traçado. A diversidade de percursos torna este local único e dinâmico onde pode apreciar o melhor da arquitectura contemporânea realizada em Portugal. Para além desta àrea pode também explorar os caminhos do Jardim do Passeio dos Heróis do Mar mesmo junto à ponte Vasco da Gama.
Perímetro do circuito: 5 km | Dificuldade: 2 (1-5) | Pontos fortes: Equipamentos modernos e segurança | Piso: Calçada portuguesa e gravilha

Onde: Alameda dos Oceanos, 1900 Lisboa
Como chegar: Autocarro: 28, 44, 208, 400, 705, 708, 759, 782 | Metro: Oriente (linha vermelha) | Comboio: Oriente (linha da Azambuja e de Sintra)
Observações: Parqueamento fácil | Horário: Livre | Área: 340ha

 8. Estádio Universitário

O Estádio Universitário é a melhor infraestrutura de Lisboa  para a prática de diferentes modalidades desportivas. O piso é bastante variado, contudo a maior parte do percurso é realizado em terra batida e gravilha pelo que se aconselha uns ténis adequados ao efeito. A cobertura vegetal e os bebedouros espalhados pelo circuito são umas das mais-valias. Ideal para todo o tipo de corrida.
Perímetro do circuito: 2,7 km | Dificuldade: 2 (1-5) | Pontos fortes: Fácil acessibilidade e estimulante | Piso: Alcatrão, terra batida, cimento e gravilha

Onde: Avenida Professor Egas Moniz, 1600 Lisboa
Como chegar: Metro: Cidade Universitária (linha amarela) | Autocarro: 731, 735, 738, 755, 764, 768
Observações: Há balneários | Horário: 7h às 23h dias úteis ; sáb. e dom. das 8.00h às 19h00h |Área: 40ha

 9. Parque da Bela Vista

O Parque da Bela Vista encontra-se dividido em 4 zonas, 2 delas as ideias para a corrida: a zona central (zona do rock in rio) e a zona sul. É a segunda maior área verde de Lisboa, depois do Parque de Monsanto. Este parque oferece grandes zonas arborizadas e de relvado em condições satisfatórias e com zonas variadas para topo o tipo de gostos: planas, subidas e descidas de várias intensidades permitindo diferentes tipos de percurso e de intensidade. É de realçar as panorâmicas de certos pontos sobre a cidade e o rio.
Perímetro do circuito: 5km | Dificuldade:  4 (1-5) | Pontos fortes: Percurso extenso e não repetitivo | Piso: Alcatrão

Onde: Avenida Dr. Arlindo Vicente, 1900 Lisboa
Como lá chegar: Autocarro: 5, 10, 17, 21, 22, 708, 755, 794 | Metro: Bela Vista (linha vermelha)
Observações: Estacionamento fácil | Horário: Livre | Área: 85ha

 10. Parque Urbano Vale do Silêncio (Olivais)

Este parque é um bom exemplo de um espaço bem conseguido em prol do desporto e do lazer. A sua área é quase toda relvada com caminhos asfálticos, via ciclável, bebedouros e circuitos de manutenção. É bastante utilizado pela população local tornando-se assim um local recomendado e seguro para quem procura uma corrida relaxada, tal como o próprio nome do parque nos sugere.
Distância do circuito: 1,6 km | Dificuldade: 3 (1-5) | Ponto forte: Segurança e Boas condições |Piso: Alcatrão

Onde: Avenida Cidade de Lourenço Marques, 1800 – 100 Lisboa
Como chegar: Metro: Olivais (linha vermelha) | Autocarro:  21, 31, 79, 708, 759
Observações: Livre | Área: 8ha

 11. Mata de Alvalade

O Parque José Gomes Ferreira, ou Mata de Alvalade como é vulgarmente conhecido, é o local recomendado para uma corrida descontraída em ambiente familiar e de pura natureza. A manta arbórica é bastante desenvolvida criando percursos sombreados. Opte pela caminhada ou pela corrida na vasta rede de caminhos pedonais e usufrua dos percurcos de manutenção e das àreas de lazer que o mata oferece.
Perímetro do circuito: 2,7 km | Dificuldade: 2 (1-5) | Pontos fortes: Descontração e ambiente familiar | Piso: Terra batida e Gravilha.

Onde: Avenida Almirante Gago Coutinho, 1700 Lisboa
Como chegar: Autocarro: 5, 17, 21, 22, 31, 44, 83, 745, 750, 755
Área: 21ha | Horário: Livre

12. Paredão do Estoril

O famoso “calçadão” português convida a uma corrida lenta, perfeito para o jogging. Este percurso que vai de Cascais até ao São João do Estoril é um passeio revigorante para o corpo e para a mente sempre acompanhado pela magnífica panorâmica do mar. O local ideal para passar um invejável final de tarde ou para manter a forma ao fim de semana enquanto aproveita de um belo dia de sol.
Perímetro do circuito: 3 km | Dificuldade: 1 (1-5) | Pontos fortes: Refrescante e Estimulante |Piso: Pedra

Onde: Paredão Estoril, 2765 Estoril
Como chegar: Comboio: São João do Estoril (linha de Cascais)
Observações: Utilize os transportes públicos | Horário: Livre

A lista podia ser muito mais elaborada. Podiamos contemplar a Mata de Benfica com as suas rampas, o Paredão de Oeiras com mais de 3 kms de extensão, o Caminho pedonal entre Alhandra e Vila Franca de Xira com a sua bonita paisagem, a Mata de Queluz com os seus trilhos, o Parque Urbano da Póvoa de Santa Iria acabado de inaugurar… A lista é interminavel, é preciso descobrir os nossos locais favoritos tendo em conta a disponibilidade e acessibilidade de cada um, já para não falar dos gostos pessoais e objectivos.

Fonte: http://www.ondelisboa.com/

http://greensavers.sapo.pt/

6 Respostas to “Os melhores locais para correr em Lisboa e arredores”

  1. É bom saber que estes locais se multiplicam. Lembro-me que há quinze ou vinte anos atrás a existência destes espaços era diminuta e pouco cuidada. Hoje assisitimos a um conjunto de espaços públicos, mais cuidados e que convidam à actividade ao ar livre: desde simples passeios ou pic-nic a actividades desportivas (corridas, btt)… Gosto de ver as pessoas a saírem mais à rua! É mais saudável e mais económico!

    • Sempre tive sorte de ter o Monsanto por perto, sempre tive alguma facilidade em ter um local por perto para poder fazer exercicio fisico.
      Felizmente é cada vez mais comum o aparecimento de locais que motivam as pessoas a sair de casa e com todas as condições, sela para um passeio ou para a prática de actividades desportivas.

  2. Em relação à Mata de Alvalade, a informação não está correcta “Piso: Terra batida e Gravilha” existe alcatrão também.

  3. Faltam aí os meus dois locais de eleição em Lisboa🙂

    Estádio Universitário de Lisboa
    Perímetro do circuito: +- 3.5 km | Dificuldade: 2 (1-5) | Pontos fortes: Descontração e ambiente familiar | Piso: Terra batida, Gravilha e Alcatrão

    Parque das Nações
    Perímetro do circuito: 5 km | Dificuldade: 1 (1-5) | Pontos fortes: Descontração, Rio e ambiente familiar | Piso: Calçada, Alcatrão, Terra Batida e Madeira (?! nos passadiços)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: