Corrida da Ciência 2012

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este ano fiz a minha estreia na Corrida da Ciência. Analisando a altimetria da corrida, conclui que não seria nada facil para mim e com os escassos treinos que tenho feito o melhor era levar na desportiva.  Pretendia apenas fazer um bom tempo para não ficar muito atrás nas partidas divididas por tempos. Depois de um bom aquecimento, coloquei-me bem posicionado na linha de partida.

O primeiro quilometro foi muito rápido. Deixei-me ir na descida até à Avenida da Liberdade e quando dei conta tinha feito o primeiro quilometro abaixo dos 4:30 min. Enfreitei a subida até ao Saldanha sem forçar e até me aguentei bastante bem, mesmo tendo sempre na mente que poderia pagar mais tarde tamanha ousadia. Não querendo sofrer por antecipação deixei-me levar pelo ritmo vivo que vinha impondo, sem me preocupar muito com o que podia vir mais para a frente.

5 km: 22:38 min.

Conforme iam passando os quilometros, as pernas começavam a mostrar alguma fadiga e falta de treino.Já começava a ter dificuldade a enfrentar as subidas, mesmo as mais pequenas e a muito custo voltava ao ritmo vivo quando não havia desnível consideravel. Ao entrar na Avenida do Brasil, reparei que vinha com um bom tempo. A custo lá fui mantendo a motivação para não quebrar e ao entrar no complexo do Estádio Universitário ainda tive forças para forçar um pouco mais o ritmo. Conhecia perfeitamente o resto do percurso, local de muitos treinos ali realizados. Pela primeira vez entrei no Estádio Universitário e fiz um sprint final no limite das minhas pernas.

Tempo Real: 44:21 min.

Tempo Oficial: 45:00 min.

Quando terminei a prova fiquei com duvidas se tinha batido o meu RP na distância. A organização da prova anunciava 10 kms, mas o meu gps (e de outros atletas presentes) ficou-se pelos 9.857 mt. Mesmo assim o objectivo foi cumprido, tentar fazer o melhor tempo do ano para partir mais à frente nas provas com a partida dividida por tempos alcançados anteriormente.

2 Respostas to “Corrida da Ciência 2012”

  1. É foi uma boa prova. Eu ainda ando à procura da forma que tinha tem sido um pouco difícil ,mas vai lá.Um abraço amigo.

    • A boa forma muitas vezes aparece quando menos esperamos.
      Esperava estar um pouco em baixo por ter treinado pouco nos ultimos tempos e fiz um resultado bastante bom.
      Algumas vezes farto-me de treinar e na hora h parece que tudo corre mal.
      O corpo humano é uma máquina que tem vontade própria!🙂
      Abraço e bons treinos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: