CORRIDA – O que é precisa saber.

paul_running

Um estilo de vida saudável, que inclui alimentação e a prática de exercícios, é capaz de prevenir doenças e retardar o que os médicos chamam de “relógio biológico” do envelhecimento. Hoje, mais do que nunca, actividade física faz parte de qualquer tipo de prescrição médica voltada a qualquer idade. Mas os médicos vão além. É consenso entre eles que o que se faz hoje (principalmente a partir dos 30 anos) resultará uma velhice com mais ou menos qualidade de vida. A partir da terceira década para as mulheres e da quarta, para os homens, começa o processo de degeneração das células. Por isso, as pessoas precisam fazer actividade física para chegar à terceira idade saudáveis.
 
Para manter-se jovem a opção mais saudável é correr. É bom para o corpo e para a mente, não tem limite de idade para praticar e é sempre um boa altura para começar(mas consulte um médico antes).
 
Correr é um desporto vicioso, pois trás um enorme bem estar e muitos benefícios. Seguidamente vem o que precisa  de saber sobre corridas e dicas importantes para praticar este desporto.
 
Faça uma avaliação física antes de iniciar um programa de corrida. Não esqueça dos alongamentos antes e depois de correr, além de fazer um trabalho específico de flexibilidade pelo menos duas vezes por semana. Use um tênis adequado á corrida e ao seu tipo de passada. Controle a alimentação, ingerindo alimentos com baixo valor calórico, evitando açúcar e gorduras. Tenha sempre o acompanhamento de bons profissionais. Experimente correr em grupo com atletas experientes. O estímulo, sem dúvida, é muito maior. Corra com regularidade e torne o desporto num hábito na sua vida. Melhore suas marcas. Aumente o seu limiar aeróbio. Aumente a força muscular, pois o treino da resistência potencializa cada músculo exigido na corrida. Faça musculação pelo menos três vezes por semana. Faça um trabalho de fortalecimento, principalmente, dos tornozelos, panturrilhas e músculos que reforçam os joelhos. Não tenha pressa para aumentar distâncias ou a velocidade de corrida, deixe que isso aconteça naturalmente. Sempre que possível corra de manhã, pois se  deixar o treino para o final do dia, poderá não conseguir treinar ou estar muito cansado das actividades que fez. Corra de preferência á mesma hora, habituando assim o organismo à actividade. Desta forma, quando não correr, sentirá falta.
 
Não corra todos os dias da semana, procure alternar a corrida com outra actividade aeróbia, como natação, bicicleta, step, spinning. Controle a freqüência cardíaca (entre 60% e 75% da freqüência cardíaca máxima, para iniciantes). Concentra-te nos treinos. Siga um programa com treinos progressivos e reavalie o treino periodicamente (a cada dois meses). Muitos corredores acham que o maior número de lesões ocorre durante um treino de velocidade, mas as lesões ocorrem por: excesso de volume (muitos quilometros), ter antecedentes de lesões e falta de descanso. Alterne corridas na passadeia e na rua. Na passadeira não há a resistência ao vento, ocorrendo um esforço menor do que correr ao ar livre. Na rua, além da força do vento, também tem que fazer toda a força para executar a corrida sem impulso da passadeira, ficando um pouco mais difícil. Mas, cuidado com o trânsito. Corra na conta-mão para visualizar os carros e cuidado com os buracos e desníveis do chão.
 
Já teve aquela dor no abdome enquanto corre? Esta dor é normal, principalmente para iniciantes. Isto se chama flato e ocorre porque o diafragma não está costumado com as subidas e descidas que as contínuas passadas da corrida provocam. À medida que o condição fisica melhora isto desaparece. Evite mudanças bruscas de velocidade no começo. Isto também produz o flato. Se é iniciante, não estabeleça distâncias para percorrer. Ouça o seu corpo. No começo o melhor é construir uma boa base de resistência, correndo por um determinado tempo pré-determinado, sem se importar tanto com a distância. Quando já estiver com um boa condição fisica, aí sim,  poderá traçar  um objetivo como completar 10 km em 1 hora. As dores provocadas pelo exercício são causadas por microtraumatismos nos músculos e tendões. O melhor modo de evitar este mal é não fazer mudanças bruscas nos treinos que não ofereçam tempo suficiente para o seu corpo se adaptar. Todos os treinos devem ser iniciados com trotes leves e estes devem se repetir no final do treino (para que a sua frequência cardíaca e respiração voltem ao normal). O treino constante  treinos é a chave da melhora de resultados. Alterne a intensidade das corridas, incluindo rampas, ladeiras e aumentando a velocidade de acordo com o programa. E boa corrida.

2 Respostas to “CORRIDA – O que é precisa saber.”

  1. Gostei do teu blog. parabens. será que me podes ajudar? corro á um ano mais ou menos sem qualquer orintaçao. o meu melhor tempo foi no tejo 48.07. acho que tenho evoluido pouco. será que tens por ai um plano de treinos q eu possa seguir? treino 3 vezes por semana faço mais ou menos 1 hora .
    obrigado.
    jose andrade

  2. Amigo José Andrade:
    Primeiro que tudo fico contente por gostar dos conteúdos do meu blog e espero que o vá ajudando.
    Não sou a pessoa mais indicada para o orientar. Pode ir ao Forum da Corrida onde pode pedir conselhos a corredores bastante experiantes.
    O link é o seguinte:
    http://www.omundodacorrida.com/phpBB2/index.php
    O meu primeiro plano de treinos tirei-o deste site:
    http://www.endurancetraining.com.au/Articles/Training%20for%20a%2010k%20Event.pdf
    Este também é bastante útil:
    http://www.atletismo.carlos-fonseca.com/
    Espero ter sido útil!
    Bons treinos.
    José Pedro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: